MENU

Sem princípios, sem limites

A destruição da cultura herdada por uma geração sempre passa por demolir os pilares deixados pelos que vieram antes.


Sem princípios, sem limites

A coisa mais ultrajante que tenho visto no ambiente cristão ultimamente, são irmãos e irmãs com décadas de experiência na caminhada com Cristo e comprovado compromisso com o Reino, acuados e temerosos em subir num púlpito para falar do Evangelho por conta de pseudo-estudantes de teologia (com algumas ideias ainda embrionárias sobre algum conceito teológico que nem eles sequer ainda dominam) fustigá-los com repreendas ou chocarrices das mais desrespeitosas, principalmente via rede sociais.

Outras vezes, receosos por serem ridicularizados em alguma pregação por um deslize ou outro, por uma imprecisão que salta apenas aos olhinhos do filhote de teólogo mequetrefe.

Isso é reflexo de uma geração perdida e ensimesmada, sem princípios, saturada de confortos, mimos e imatura, que não tem a menor noção de onde está e para onde vai. Uma geração à deriva, desvinculada de seus ancestrais e da sociedade que a gerou e que não tendo outra coisa a fazer, dada sua insignificância intelectual, dirige sua zombaria, escárnio e rancor aos mais próximos.

A destruição da cultura herdada por uma geração sempre passa por demolir os pilares deixados pelos que vieram antes. Ridicularizar aqueles que nos trouxeram até aqui é uma dessas formas.

Vale dizer que esses abusados estudantes, mestres da superficialidade, que vivem de apezinhar os mais antigos na fé ou leigos em teologia, são resultado da conivência de pais, professores e líderes que assim os permitiram.

Eu e minha família somos envolvidos com ensino, tanto secular como cristão, por isso minha indignação com a falta de amor e desrespeito com aquele que ainda não domina um conceito ou outro da teologia e por fim, de ingratidão por tudo o que usufruem, insensíveis quanto ao preço pago pelas conquistas das quais desfrutam.

Desrespeitar um semelhante mais velho não é papel que se preste em lugar algum, tanto mais no ambiente de uma igreja.

Não mudes o limite do teu próximo, que estabeleceram os antigos na tua herança, que receberás na terra que te dá o Senhor teu Deus para a possuíres. Deuteronômio 19:14



Formado em Letras (Literatura Inglesa e Portuguesa), pastor assembleiano, professor da EBD e de teologia, residindo em São José, SC.


Deixe sua opinião!